O aumento das LIVES na quarentena x Novos olhares

SÉRIE LIVES –  “Por trás da BETOPIA”.

Olá, aqui é a Raissa – idealizadora da BETOPIA. Vim aqui compartilhar algumas das minhas reflexões das últimas LIVES que fizemos, a começar pela 1ª LIVE feita com o Evaldo, catador de materiais recicláveis, fornecedor das nossas capas de guarda-chuvas e modelo fotográfico da BETOPIA.

Em 3 anos de marca, nunca tínhamos feito LIVES e confesso que, apesar de estarmos num momento de muito respeito e solidariedade a tudo que tem acontecido, não podemos deixar de falar também nas novas oportunidades e no quão bom foi poder trazer ao vivo nossos parceiros e estreitar nossa relação com o público ao mostrar que nossos parceiros não são apenas meros personagens, mas possuem de fato muito valor a ser passado.

Trazê-los para ao público para ver que realmente eles e suas histórias existem tem sido muito gratificante. Para mim, Raissa, que sempre estou conversando e planejando com eles, muito do que eles expuseram foi uma surpresa para mim e até mesmo coisas que eu falei me ajudaram a ver a potência das nossas realizações e objetivos.  Vou destacar alguns pontos que me deixaram muito feliz em saber.

Na primeira LIVE com o Evaldo, catador de materiais recicláveis ele confessou que, mais do que ser fornecedor das capas de guarda-chuva, foi ter tido a oportunidade de ser um modelo fotográfico nosso e ter tirado fotos com algumas de nossas peças.

Ele disse que isso sempre foi uma vontade íntima dele e se sentiu empoderado ao poder dar o exemplo a outros catadores no sentido de que eles podem estar em muitos outros espaços e não só no processo da seleção de recicláveis.

 Os catadores já são excelentes agentes ambientais, alguns deles sabem do poder que têm como agentes educativos, outros já não percebem esse empoderamento.

 O Evaldo é um catador que sabe que pode estar em outros espaços, podendo ser exemplo ao mostrar que um catador não precisa estar somente no processo da seleção de materiais recicláveis, DESDE QUE sejam dadas as oportunidades. Será que as outras marcas e/ou projetos pensam assim?

O Evaldo não só é modelo fotográfico e fornecedor da marca BETOPIA, mas se tornou nosso porta-voz da sustentabilidade.

Pegando o gancho da palavra sustentabilidade, a BETOPIA vem aqui para lembrar que a sustentabilidade não se resume apenas em ideais ambientais, mas sim também no valor da criação de oportunidades na esfera social.

E você? O que acha de tudo isso?

#ModaSemUtopia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *